Skip to content

Fátima, Portugal: visita ao Santuário e outras dicas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Dicas sobre o que fazer em Fátima

Visitamos Fátima, Portugal, em uma viagem turística e religiosa, e vou contar a nossa experiência aqui. Fátima também é próxima de várias cidades interessantes para conjugar em um bate e volta de Lisboa. Assim, vou compartilhar as dicas sobre o que fazer em Fátima e como visitar o Santuário de Fátima. Bem como quando ir, como chegar e onde comer por lá. Aliás, adianto que foi um dos melhores pratos de bacalhau que provamos em Portugal.

SOBRE FÁTIMA, PORTUGAL

Fátima é uma pequena cidade portuguesa, não muito distante da capital do país. Sua fama se deve ao Santuário construído nela, o maior de Portugal e um dos maiores templos marianos do mundo.

A cidade, local de peregrinação internacional, recebe milhares de visitantes por ano. Em 2018, ano do centenário, foram 10 milhões. Só para se ter uma ideia, no mesmo ano o Brasil inteiro recebeu 6 milhões de turistas. 

A história por trás dele, de acordo com a fé católica, surge em 1916 e evolve 3 crianças pastorinhas. Lúcia e seus primos mais novos, Francisco e Jacinta tiveram visões de um anjo, que as preparou para a primeira aparição da Virgem Maria. Em 13 de maio de 1917, em cima de uma azinheira, Nossa Senhora fez sua primeira aparição. Depois uma vez por mês até outubro. A Santa transmitiu às crianças mensagens de perseverança, fé e paz. Também pediu que elas rezassem o terço e que se construísse uma capela em sua homenagem.

Muito antes da Igreja reconhecer o ocorrido, o local passou a atrair fiéis. Por fim, foi construída uma capelinha no local das aparições, na Cova da Iria, que se encontra até hoje no Santuário de Fátima. 

Pastorinhos de Fátima

QUANDO IR A FÁTIMA, PORTUGAL

Visitamos a cidade em fevereiro, num lindo dia de inverno. Uma vez que fomos bem cedo, o Santuário estava relativamente vazio.

A saber:  a celebração principal na cidade, que comemora a primeira aparição de Nossa Senhora, se dá no dia 13 de maio. Seja como for, entre maio e outubro pode haver mais movimento, sobretudo nos dias 13. Por um lado, o Santuário fica mais cheio. Por outro, imagino que seja o auge do clima religioso.

O QUE FAZER EM FÁTIMA, PORTUGAL

SANTUÁRIO DE FÁTIMA

O Santuário de Fátima é localizado na cidade de mesmo nome, especificamente no lugar que era a Cova da Iria.

Em resumo, no mesmo espaço encontram-se os 3 principais templos do complexo: a Capelinha das Orações, a Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima e a Basílica da Santíssima Trindade. Na área exterior há uma explanada, onde à noite pode haver a Procissão de Velas.

Ainda existe uma galeria subterrânea com capelas, dois retiros e um museu, responsável pela exposição permanente (Fátima Luz e Paz), no prédio da reitoria.

Santuário de Fátima, Portugal

CAPELINHA DAS APARIÇÕES

O coração do Santuário é a Capelinha das Aparições. Trata-se do local onde Nossa Senhora de Fátima falou às crianças pastorinhas.  Construída após o seu pedido, ela conserva os traços originais, em um espaço intimista e pequeno.

BASÍLICA DE NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO DE FÁTIMA

A basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima é possivelmente a construção mais icônica do Santuário. A construção foi de 1928 a 1953, em estilo neobarroco e conta com uma torre sineira de 65 metros. Ela fica no ponto mais alto do local, onde as crianças pastorinhas brincavam antes da primeira aparição. Aliás, os restos mortais de Jacinta, Francisco e Lúcia se encontram no seu interior.

O belo conjunto arquitetônico que a liga aos edifícios laterais é conhecido como colunata. Ele possui uma enorme escadaria, 200 colunas, 14 retábulos com representações da Via Sacra e e 17 estátuas de mármore.  

Basílica de Nossa Senhora de Fátina

BASÍLICA SA SANTÍSSIMA TRINDADE

A fim de comportar o grande fluxo de peregrinos, surgiu a construção mais moderna do complexo, a Basílica da Santíssima Trindade. Como resultado, possui mais de 8 mil lugares sentados e é considerado o quarto maior templo católico do mundo em capacidade. 

Ainda no complexo vale atentar ao Monumento do Sagrado Coração de Jesus, no centro do Recinto das Orações. Também se destaca a Azinheira Grande, árvore centenária que existe desde as aparições. Bem como um fragmento do Muro de Berlim, doado por um português residente na Alemanha.

Dica sobre o que fazer em Fátima, Portugal: visita ao santuário

Procissão das Velas

Nós não participamos da procissão. Mas parece ser um momento emocionante a quem quiser a experiência religiosa completa. Após a reza do terço na Capelinha, fiéis saem para a esplanada, com velas acesas, acompanhados pela imagem de Nossa Senhora. 

Assim, vale conferir no site do Santuário a programação do evento, já que nos meses mais frios ele pode não acontecer. Aliás, como o horário é pela noite, vale avaliar pernoitar na cidade.

OUTRAS ATRAÇÕES RELIGIOSAS EM FÁTIMA

Nossa visita à Fátima se resumiu ao Santuário (e um excelente almoço na cidade). Mas a quem tiver interesse, há outras atrações religiosas.

MUSEU DA CERA E MUSEU INTERATIVO

Tanto o Museu da Cera, como o Museu Interativo ficam bem próximos do Santuário. O de cera conta a história das aparições por meio de figuras de cera. Já o Interativo explica a história das aparições através de um percurso virtual e multimídia.

ALJUSTREL: A VILA DOS PASTORINHOS

As casas das crianças pastorinhas se tornaram museus abertos ao público. O horário de funcionamento costuma ser das 9 às 18, fechando das 13 às 14 horas e a entrada é gratuita. Aljustrel fica a cerca de 3 km de Fátima e a quem não estiver de carro pode pegar o Comboio de Fátima, um trenzinho que faz o percurso.

VALINHOS E LOCA DO ANJO

O percurso que as crianças faziam de Alijustrel à Cova da Iria hoje é conhecido como Via Sacra de Valinhos. Especificamente na Loca do Anjo foi onde ocorreram as aparições do Anjo que visitou as crianças em 1916, bem como uma das aparições de Nossa Senhora.  

O QUE FAZER NOS ARREDORES DE FÁTIMA

O entorno de Fátima tem várias opções de grutas. Acabamos não conhecendo, mas parece uma boa para conhecer o calcário em Portugal. Por exemplo, a Gruta da Moeda está localizada a apenas 4 km do Santuário e se destaca pela presença de materiais argilosos e calcites. Assim como as Grutas de Mira de Aire, consideradas uma das 7 maravilhas de Portugal, que ficam um pouquinho mais distante (17 km do Santuário).

Aliás, outra ideia é visitar o Monumento Natural das Pegadas dos Dinossauros, que conserva pegadas de milhões de anos atrás.

ONDE COMER EM FÁTIMA, PORTUGAL

Minha dica de onde comer em Fátima é no restaurante Tia Alice, a 3 km do santuário (5 minutinhos de carro). 

Dona Alice Marto o fundou há 30 anos atrás. Frequentemente é tido como o melhor restaurante do país, inclusive pelo presidente Marcelo Rebelo de Sousa.  Até mesmo Ana Maria Braga já foi conferir as iguarias. 

Fomos do clássico bacalhau gratinado com camarão (há versão apenas com bacalhau, a quem preferir). O prato, para duas pessoas, saiu por cerca de 39 euros e estava maravilhoso. Em outras palavras, valeu cada centavo. Aliás, demos uma sorte de conseguir um lugar sem reserva. Mas ele logo se encheu, então vale ligar antes. 

Na saída, passamos pelo belo jardim do local (é uma “sala” lateral). Depois contemplamos a pequena Igreja Matriz de Fátima, quase na lateral do restaurante, com estátuas das crianças pastorinhas.

Igreja perto do restaurante Tia Alice, em Fátima

COMO CHEGAR

Visitamos Fátima de carro a partir de Lisboa (127 km) e foi ótimo. Até porque o estacionamento é gratuito e bem perto do Santuário. Além disso, facilitou para visitarmos outras cidades depois (fomos a Batalha e Alcobaça no mesmo dia).

Outra opção é ir de ônibus pela Rede Expresso (saída da rodoviária Sete Rios em Lisboa, estação de metrô Jardim Zoológico, linha azul), já que o Santuário é próximo da rodoviária.

Por outro lado, Fátima não tem estação de trem e seria necessário ir até Leiria e de lá pegar outro transporte.

FÁTIMA E O QUE MAIS

Fátima fica bem próxima a outras cidades interessantes. Por exemplo, sobretudo a quem visitar apenas o Santuário, é tranquilo combinar com uma ou duas cidades. Assim, vale ler aqui no blog sobre Óbidos (17 km), Batalha (21 km), Alcobaça (41 km) ou Nazaré (53 km). Ou ainda sobre Tomar (35 km), que penso ser mais tranquilo sem conjugar com outra.

Por fim, espero que aproveite o passeio por Fátima, Portugal e pelas cidades nos arredores.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Nanda Gaspar

Nanda Gaspar

Ama viajar, planejar e falar sobre viagens. Incansável na busca da localização perfeita e na logística dos roteiros redondos, curte história, fotografar e conhecer a cultura local. Aproveita o período sabático em Portugal para escrever no blog, entre um parquinho com o filhote e a escolha da próxima cidade medieval, praia paradisíaca ou metrópole enérgica, para te inspirar a viajar mais e melhor.

No comment yet, add your voice below!


Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redes Sociais

Últimos Posts

Planeje sua viagem aqui

Se você gosta das dicas, pode fazer as reservas pelos links destacados abaixo. Você não paga nada a mais e ganhamos uma pequena comissão que ajuda a manter o blog. Obrigada =)

HOSPEDAGEM
Booking.com – enorme variedade de hotéis e apartamentos, com avaliação dos hóspedes e excelentes ferramentas de busca, além de ótimas promoções.

ALUGUEL DE CARRO
RentCars – permite comparar o valor de várias companhias de aluguel, garantindo as melhores oportunidades de locação em uma road trip.

SEGURO VIAGEM
Seguros Promo – Buscador de seguros que ajuda a adquirir a opção com o melhor custo-benefício para a viagem.

Assine a nossa Newsletter