Skip to content

O que fazer em Troia, Portugal

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Dicas sobre o que fazer em Troia, Portugal: praias, ruínas romanas e modernidade
Praia Troia Mar, umas das praias de Troia, Portugal

Estivemos em Troia, Portugal, durante a nossa estadia pela região de Alcácer do Sal. Assim, compartilho aqui nossa experiência com as praias de Troia, um pouco da história do local, tão importante para o Império romano, e dicas sobre o que fazer em Troia.

SOBRE TROIA, PORTUGAL

Troia, Portugal, se insere no extremo norte da Península de mesmo nome, na região do Alentejo, entre o Oceano Atlântico e o Estuário do Rio Sado. Ela foi uma cidade industrial romana, onde existiu o maior complexo de salga de peixe deste império, datado do século 1. Hoje, cerca de 2 mil anos depois, as urbanas praias de Troia estão entre as suas principais atrações, com a bela Serra da Arrábida ao fundo. Juntamente a atrações de natureza, Tróia tem uma boa estrutura turística e um lado moderno, sendo um destino agradável para passeio em uma viagem por Portugal.

COMO CHEGAR EM TROIA, PORTUGAL

A melhor maneira para chegar é de carro. A partir de Lisboa, é possível seguir a Setúbal e de lá pegar um ferry de 20 minutos (na Doca do Comércio, na Avenida Jaime Rebelo). Ou dar a volta por Alcácer do Sal, em cerca de 130 km (1 hora e meia).

Nós não fizemos o trajeto de transporte público, mas de Lisboa (Terminal Sete Rios) existe ônibus até Setúbal, onde o ponto final fica a 10 minutos de caminhada dos catamarãs (partidas da rua Teotónio Banha) que chegam à marina de Tróia. Dessa forma, vale ler sobre a travessia aqui.

O QUE FAZER EM TROIA, PORTUGAL

PRAIAS DE TROIA

Logo na chegada à Troia, é fácil perceber que é tudo bem cuidado. Cheios de jardins e áreas verdes. Passamos por uma rua arborizada com prédios modernos, mas nessa eram de poucos andares.

Depois de alguns passos, sendo uma praia urbana, passamos por uma escultura de cegonha, ave vista aos montes na Península de Troia desde a Comporta, uma longa faixa de areia branquinha se apresenta na nossa chegada à Praia Troia-Mar. O dia estava ventando muito, e por esse motivo a água não estava tão cristalina quanto parece costumar ser. Mas o grande diferencial da Praia é o visual imponente da Serra da Arrábida. Em outras palavras, a paisagem é bem bonita.

Outras praias de Troia são a Praia Troia-Bico das Lulas, que se chega por caminhada a partir da Troia Mar, a Troia Galé e a Troia-Atlântica.

Troia Mar dica sobre o que fazer em Troia, Portugal

Golfinhos

Reza a lenda que da areia da praia frequentemente se vê golfinhos. Mas não demos essa sorte. Contudo, a quem quiser aumentar as chances de ver os animaizinhos no habitat natural, há diversos tours que saem da marina de Troia.

Caminhadas e esportes

As praias de Troia são acompanhadas por passadiços que possibilitam boas caminhadas pelas dunas, desde a marina. Neles há painéis que detalham a fauna e a formação geológica do local.  

Além disso existem algumas opções de esportes, como parapente, caiaques e stand up paddle. Ou até mesmo andar a cavalos nas dunas da Caldeira, em plena Reserva do Estuário do Sado.

RUÍNAS ROMANAS DE TROIA

Se já é, de certa forma, emocionante estar em uma praia com tamanha importância para o Império Romano, imagina visitar as Ruínas Romanas de Troia. Não fizemos o passeio, mas quero muito voltar com mais tempo para ver as ruínas. Afinal, trata-se do maior complexo de salga de peixes do período, datada do século 1! Na visita é possível visitar as oficinas e os tanques onde se salgava o peixe e onde se fazia os molhos, entendendo a lógica da cidade industrial que ali se instalou.

TROIA MODERNA: MARINA, CASSINO E GOLF

Além das praias de Troia e das ruínas romanas, Troia tem uma vertente moderna. Não apenas pelos prédios e rede hoteleira. Por exemplo, na bela marina de Troia e arredores há uma boa variedade de restaurantes, algumas lojinhas e até mesmo um cassino. Em Troia também se localiza o Troia Golf, tido como um dos melhores da Europa na modalidade.

ONDE COMER EM TROIA, PORTUGAL

Muitas das opções de restaurantes ficam na Marina de Troia, como por exemplo o Monte Mar Troia. Ainda nas proximidades, está o Sabores Altaneiros, lojinha de quitutes, que também oferece tábuas de frios e petiscos. Mas também há restaurantes perto das praias, como o Troia Beach Club ou o Bar da Praia.

ONDE FICAR EM TROIA, PORTUGAL

Nós visitamos Troia como passeio de um dia. Contudo, a quem quiser hospedar por lá, os apart hotéis da S. Hotels Collection dominam a área. Assim, vale ler as avaliações das principais opções: Troia Residence – Apartamentos Marina, Troia Residence – Apartamentos Praia, Aqualuz Troia Lagoa Hotel & Apartments, Troia Residence – Beach Houses

De qualquer jeito, dependendo do estilo de viagem, vale ver opções de onde ficar na Comporta, que é pertinho.

TROIA E O QUE MAIS

Nossa ida a Troia foi um passeio focado em conhecer uma dentre as praias de Troia. O destino mais óbvio para conjugar a viagem é com a Comporta, no extremo da Península. Uma contraposição. Isso porque Troia parece um projeto paisagístico urbano bem feito. Por outro lado, a Comporta, ainda que destino de tantos investimentos e que atrai europeus abastados, tem uma pegada ainda mais rústica e hippie-chic.

O passeio a Troia também pode ser muito bem inserido em uma viagem pela Serra da Arrábida, tão repleta de natureza, e à charmosa Sesimbra, que fica nos arredores dela. Ou ainda um roteiro de 1 dia pelas duas.

Por fim, espero que as dicas sobre o que fazer em Troia, Portugal tenham te inspirado a conhecer o destino!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Nanda Gaspar

Nanda Gaspar

Ama viajar, planejar e falar sobre viagens. Incansável na busca da localização perfeita e na logística dos roteiros redondos, curte história, fotografar e conhecer a cultura local. Aproveita o período sabático em Portugal para escrever no blog, entre um parquinho com o filhote e a escolha da próxima cidade medieval, praia paradisíaca ou metrópole enérgica, para te inspirar a viajar mais e melhor.

No comment yet, add your voice below!


Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa Newsletter