Skip to content

O que fazer em Barcelos: dicas e roteiro

Melhores atrações de Barcelos para incluir no roteiro
Galo de Barcelos: dica sobre o que fazer em Barcelos

Depois de morar quase 1 ano na cidade, reuni nesse guia minhas melhores dicas com o que fazer em Barcelos, Portugal. Sem dúvida, o destino acaba sendo um dos mais característicos das terras lusitanas. Afinal, é de lá que vem a lenda do Galo português, um dos principais símbolos do país. Assim, vou compartilhar como chegar, onde ficar e a minha lista com o que visitar em Barcelos.

SOBRE E POR QUÊ VISITAR BARCELOS, PORTUGAL

Barcelos fica no norte de Portugal, na tradicional região do Minho e integra o Caminho de Santiago de Compostela. É uma cidade linda, com direito a uma ponte medieval, um centro colorido e uma rica história.

Nesse sentido, Barcelos foi o cenário da emblemática história do Galo. Reza a lenda que um peregrino foi acusado de um crime do qual jurava inocência. Até que ele disse ao juiz, que que participava de um jantar e comia um frango assado, que era tão certo ele ser inocente quanto o galo – que estava à mesa – cantar. Por fim, na hora do enforcamento, o galo cantou e quando correram à forca, para surpresa de todos, o nó estava frouxo e ele felizmente se safou. Dessa forma, o peregrino teria construído o Cruzeiro do Senhor do Galo em homenagem à Virgem e a Santiago.

Galo de Portugal, dica sobre o que fazer em Barcelos

COMO CHEGAR EM BARCELOS, PORTUGAL

Uma vez que Barcelos fica a apenas 60 km do Porto, é bem possível fazer um bate e volta, em menos de 1 hora do Porto. Assim, vale cotar o preço de aluguel de carro na Rent Cars, até pela liberdade de conjugar a visita com alguma outra cidade do norte de Portugal. Também é possível ir de comboio (trem) pela Comboios de Portugal, em cerca de uma hora: a estação fica a pouco mais de 1 km do centrinho. Ou ainda de autocarro (ônibus) pela Rede Expresso, mas nas minhas pesquisas não achei trajeto direto e a viagem ficaria longa.

O QUE VISITAR EM BARCELOS

Em resumo, eu divido informalmente a parte turística de Barcelos em dois pólos: o centrinho do Largo da Porta Nova e seus arredores (jardim, praça, igreja, torre, galo, comércio) e o Paço dos Condes e suas redondezas (local que faz referência à Lenda do Galo, igreja, pelourinho e ponte medieval).

Dito isso, esses dois complexos ficam a cerca de 500 metros um do outro e são facilmente percorridos a pé. Aliás, perto do Largo da Ponte Nova costuma ser tranquilo estacionar carro no Campo da Feira, se não estiver ocorrendo evento. Já a quem quiser seguir de carro ao Paço dos Condes, pode tentar vaga perto do gracioso edifício da Câmara Municipal, sempre conseguimos, mas é bem mais restrito de vaga.

CENTRINHO: LARGO DA PORTA NOVA E ARREDORES

O Campo da Feira é onde se realiza uma das feiras mais tradicionais de Portugal, a Feira de Barcelos. Ao menos desde o século 15 existem documentos sobre o evento, que atualmente ocorre às quintas feiras. Além de artesanatos e produtos diversos, há uma variedade de galos de Barcelos para souvernir. Por outro lado, nos dias fora da feira, o espaço é um amplo estacionamento para visitar a cidade.

Jardim das Barrocas

Antes de mais nada, o Jardim é um dos locais mais lindos da cidade. Isso porque o lugar concentra variadas e coloridas flores num espaço muito bem tratado.

Jardim das Barrocas, dica sobre o que visitar em Barcelos, Portugal

Largo da Porta Nova: Templo do Senhor Bom Jesus, Torre da Porta Nova

Logo em frente ao jardim está o largo, que é simplesmente o coração da cidade. Nele temos um bonito chafariz e, como não poderia deixar de ser, o Galo de Barcelos.

Também encontramos a Igreja do Senhor Bom Jesus da Cruz, erguida em homenagem ao misterioso aparecimento de uma cruz de terra negra no chão do Campo da Feira, em 1504. Aliás, a Festa das Cruzes ocorre no começo de maio.

Ainda temos na praça a Torre da Porta Nova, única das 3 portas da muralha medieval que cercava Barcelos e de onde é possível ter uma vista panorâmica.

Centro histórico: dica sobre o que fazer em Barcelos

Rua Direita

Depois, seguindo pela lateral da Torre, chegamos à Rua Direita, oficialmente Rua Dom Antonio Barroso. É a rua do comércio do centro histórico e tem várias lojinhas e cafés.

Ainda vale ir ao fim dela para contemplar o charmoso e medieval Largo do Apoio, com construções de pedra.

CENTRO MONUMENTAL DA LENDA DO GALO E ARREDORES

Igreja Matriz

Trata-se de uma imponente igreja que tem origem no século 13, de estilos românico e gótico. A torre sineira, do século 18, usou pedra do Paço dos Condes, que fica na sua lateral.

Centro da Lenda do Galo: dica sobre o que visitar em Barcelos

Museu Arqueológico e Cruzeiro do Galo

O Paço dos Condes é um espaço ao ar livre que abriga, além das suas próprias ruínas, o Museu Arqueológico, com peças antigas. Porém, sua peça mais ilustre é o Cruzeiro do Galo, uma cruz que faz alusão à Lenda do Galo, e ao milagre de São Tiago e do peregrino, e que se permeia com a história da cidade.

Museu Arqueológico: sugestão sobre o que fazer em Barcelos

Logo frente ao Paço dos Condes está o Pelourinho de Barcelos, envolto num bonito jardim. Dali se tem uma bonita vista, de um lado do Paço e do outro a ponte,

Ponte Medieval

Bela ponte medieval acima do Rio Cávado, construída no século 14, para facilitar o acesso às feiras de Barcelos. Atualmente é também passagem de peregrinos que fazem o Caminho de Santiago de Compostela. Quem atravessar até Barcelinhos, no outro lado da margem, terá uma vista bem bonita do monumento.

Ponte medieval: dica sobre o que visitar em Barcelos, Portugal

ONDE FICAR QUANDO VISITAR BARCELOS

Barcelos pode ser uma boa base para explorar o Norte de Portugal e tem algumas ótimas opções de hospedagem.

Nesse sentido, o Casa da Ana Boutique Guest House é cheio de charme, muito bem localizado, entre o centrinho e os monumentos da Lenda do Galo, em um lindo largo, e bem avaliado. O Art’Otel Barcelos também é uma boa ideia, com conforto e boa localização. Da mesma forma, o In Barcelos é um hostel (com opção de banheiro privativo) com localização excelente, colado na Rua Direita, e instalações modernas. Por outro lado, a quem quiser economizar, o Hotel Bagoeira é mais simples e, apesar de ser um hotel basicão sem charme, tem localização super conveniente, pertinho do Jardim das Barrocas, e mais facilidade de estacionamento.

BARCELOS E O QUE MAIS

É certo que Barcelos é uma gracinha de lugar. Mas, por ser pequenina, pode ser visitada com alguma outra cidade do norte de Portugal. Por exemplo, Ponte de Lima ou Viana do Castelo. Ou ainda Guimarães ou Braga, que também são bem próximas, mas ficaria mais puxados já que estas têm mais atrativos.

Por fim, espero que as dicas sobre o que visitar em Barcelos te inspirem a conhecer essa encantadora cidade!

Nanda Gaspar

Nanda Gaspar

Ama viajar, planejar e falar sobre viagens. Incansável na busca da localização perfeita e na logística dos roteiros redondos, curte história, fotografar e conhecer a cultura local. Aproveita o período sabático em Portugal para escrever no blog, entre um parquinho com o filhote e a escolha da próxima cidade medieval, praia paradisíaca ou metrópole enérgica, para te inspirar a viajar mais e melhor.

No comment yet, add your voice below!


Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redes Sociais

Últimos Posts

Planeje sua viagem aqui

Se você gosta das dicas, pode fazer as reservas pelos links destacados abaixo. Você não paga nada a mais e ganhamos uma pequena comissão que ajuda a manter o blog. Obrigada =)

HOSPEDAGEM
Booking.com – enorme variedade de hotéis e apartamentos, com avaliação dos hóspedes e excelentes ferramentas de busca, além de ótimas promoções.

ALUGUEL DE CARRO
RentCars – permite comparar o valor de várias companhias de aluguel, garantindo as melhores oportunidades de locação em uma road trip.

SEGURO VIAGEM
Seguros Promo – Buscador de seguros que ajuda a adquirir a opção com o melhor custo-benefício para a viagem.

Assine a nossa Newsletter