Skip to content

Colares, Sintra: roteiro no Cabo da Roca, Azenhas do Mar e praias

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Dicas sobre o que fazer em Colares, Sintra, como chegar e se locomover, e o que mais conhecer por perto
Cabo da Roca, em Colares: região com Azenhas do Mar, Praia da Ursa e belezas naturais

Antes de mais nada, quando pensamos em Sintra, provavelmente nos vem à mente os castelos da cidade, não é mesmo? Apesar disso, existe uma região em que os destaques são as belezas naturais. Em outras palavras, em Colares, Sintra, está localizado o Cabo da Roca e a charmosa Azenhas do Mar. Bem como belas praias, como a Praia da Ursa ou Praia da Adraga. Estivemos por lá algumas vezes e vou compartilhar as nossas dicas sobre o que fazer em Colares. Aliás, um excelente bate e volta a partir de Lisboa.

SOBRE COLARES, SINTRA

Colares é uma região (ou freguesia) da cidade de Sintra, área metropolitana de Lisboa.

Localizada na costa Atlântica, Colares tem vários pontos de interesse, com belezas naturais de tirar o fôlego. Afinal, lá está localizado o Cabo da Roca, o ponto mais ocidental da Europa continental. Bem como a charmosa aldeia de Azenhas do Mar, com suas casinhas no penhasco. E ainda como belas praias. Por exemplo, a Praia da Ursa, que inclusive já foi eleita uma das mais bonitas do mundo. Além disso, nos caminhos é possível ver centrinhos simpáticos, típicos de Portugal.

O QUE FAZER EM COLARES, SINTRA

CABO DA ROCA

O Cabo da Roca é conhecido por ser o ponto mais ocidental não apenas de Portugal, mas de toda a Europa continental. Um monumento em pedra com uma lápide marca o local, além de um farol nas proximidades. Ainda que muito turístico, tem uma pegada natureza, entre o mar e a flora diversa.

Sobre ele, Camões disse ser “onde a terra se acaba e o mar começa”. Nesse sentido, acho bacana pensar no imaginário que, séculos atrás, se tinha sobre o que haveria além desses cabos.

Cabo da Roca, imperdível em roteiro nos arredores de Lisboa

AZENHAS DO MAR

Azenhas do Mar é uma pequena e charmosa aldeia com casinhas brancas debruçadas no mar. Seu nome vem das azenhas, ou moinhos, que lá existiam desde a época de ocupação árabe. Hoje, o vilarejo, antiga vila de pescadores, é um balneário de verão, que inspira muitos pintores.

A vista de cartão postal se dá do seu mirante, ou miradouro, como se diz em Portugal. Dele vemos, além da arquitetura das casas, o mar e a famosa piscina oceânica, onde se pode chegar descendo as escadas.

Além disso, tem uma pequena variedade de restaurantes. Certamente, o Azenhas do Mar – Piscinas é o palpite mais conhecido. Nós não chegamos a ir, mas parece que a vista é imbatível. Outras opções são o Água e Sal ou a Adega das Azenhas, que fica numa adega centenária de vinhos de Colares.

Azenhas do Mar, dica sobre o que fazer em Colares, Sintra

PRAIAS

Colares, Sintra, possui praias, além das Azenhas do Mar. Por exemplo, a Praia Grande a Praia das Maçãs. Mas, vou destacar aqui as duas que conhecemos, Praia da Ursa e Praia da Adraga, ambas lindas. 

PRAIA DA URSA

A Praia da Ursa já foi eleita como uma das mais bonitas do mundo, pelo Guia Michelin. Sem dúvida o visual dos seus rochedos é realmente impactante.

Aliás, eles possuem uma lenda própria. Ela diz que há milhares, quando a Terra era coberta de gelo, lá vivia uma ursa com seus filhotes. Quando o degelo começou, os deuses pediram que os animais saíssem da região. Como a ursa se recusou, os deuses enfurecidos transformaram ela e os filhotes em rochas, que deram nome a praia até os dias atuais. 

Mas voltando à praia em si, é verdade que seu acesso não é dos mais fáceis. Depois de deixarmos o carro no estacionamento, caminhamos por um pouco menos de 1 km numa trilha fácil, estilo caminhada mesmo. O percurso tem já tem belas paisagens do litoral e nos presenteia com seu cenário mais icônico. Como estávamos com um bebê nossa ida foi contemplativa: apreciamos o visual e tiramos fotos. Parece cartão postal, né? A partir desse ponto, que não seguimos, é necessário descer a falésia, em um acesso mais complicado. Seriam mais uns 400 metros até a pequena faixa de areia da praia. Ou seja, a quem for encarar, vale, além do cuidado, ir de tênis e levar bebida e lanches, já que não há infra lá embaixo.

 

Praia da Ursa, em Colares, Sintra

PRAIA DA ADRAGA

Não tínhamos ouvido falar da Praia da Adraga e tivemos a impressão de que ela é menos conhecida pelos turistas. Mas realmente não sabemos o motivo. Isso porque a praia é linda, com rochas que formam uma paisagem espetacular. Fomos algumas vezes, e ainda que não tenhamos entrado no mar, valeu muito o passeio pelo cenário. Aliás, imagino que o pôr do Sol seja bem bonito de lá.

Além disso, depois do caminho de carro por sinuosas ruelas, o acesso é fácil. Tem um estacionamento e um restaurante logo em frente.

Em tempo: vale atenção com as rochas, pois assim como na região do Algarve, elas podem se fragmentar e provocar acidentes.

Praia da Adraga, imperdível em roteiro por Colares, Sintra

COMO CHEGAR E COMO SE LOCOMOVER EM COLARES

Sem dúvida a maneira mais prática para conhecer Colares, em Sintra, é de carro, como fizemos.

A quem quiser tentar o passeio com transporte público, me parece mais complexo para conhecer todos os pontos.

Mas o ônibus (autocarro) 403 vai de Cascais ao Cabo da Roca e próximo à trilha da Praia da Ursa e ainda à Praia da Adraga, essa com uma longa caminhada. Para seguir às Azenhas do Mar, seria necessário em Colares pegar o ônibus 441. Já para quem partir de Sintra, poderia pegar o ônibus 440 ou 441 até as Azenhas. E depois com ele baldear em Colares para pegar o 403 se quiser seguir para os demais pontos. Assim, vale ver os detalhes no site dos transporte público da cidade.

ROTEIRO EM COLARES, SINTRA

Agora que já vimos os principais atrativos de Colares, Sintra, vale pensar num roteiro pela região.

Sobre quanto tempo dedicar ao passeio, depende de vários fatores. Por exemplo, o ritmo de viagem e a época do ano. Assim, se a ideia for pegar praia, vale cogitar até o dia inteiro. Mas se a ideia for ir ao Cabo da Roca, ver a Praia da Ursa de cima, passar na Praia da Adraga e depois ir às Azenhas, pode-se pensar em meio período. Talvez com almoço ou pôr do Sol por lá para finalizar o passeio, a depender do turno escolhido.

Seja como for, a dica é que seja um dia sem chuva e de preferência bem ensolarado.

COLARES E O QUE MAIS

Dito isso, a quem quiser conjugar o passeio por Colares com outras regiões, as opções mais viáveis são a vila de Sintra ou Cascais.

Cascais me parece mais interessante, a quem também fizer uma visita mais contemplativa pela cidade, sem, de fato, entrar nas praias.

Já Sintra, imagino que fique mais puxado, ao menos a quem quiser conhecer o centro histórico e alguns castelos.

Outra ideia é dividir as atrações. Por exemplo, um dia ir à Vila de Sintra e curtir o pôr do Sol nas Azenhas. Em outro dia ir a Cascais e depois ao Cabo da Roca e às praias (no caso de uma visita contemplativa por elas).

Dessa maneira, no mapa acima, coloquei, além dos pontos de Colares, as cidades de Lisboa, Cascais e a vila de Sintra para dar uma perspectiva de distâncias.

Por fim, espero que as dicas sobre o que fazer em Colares, Sintra te inspirem a conhecer as belezas naturais do lugar. De fato, achamos os cenários tanto do Cabo da Roca, como das Azenhas do Mar ou das praias fabulosos. E tudo isso pertinho de Lisboa!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Nanda Gaspar

Nanda Gaspar

Ama viajar, planejar e falar sobre viagens. Incansável na busca da localização perfeita e na logística dos roteiros redondos, curte história, fotografar e conhecer a cultura local. Aproveita o período sabático em Portugal para escrever no blog, entre um parquinho com o filhote e a escolha da próxima cidade medieval, praia paradisíaca ou metrópole enérgica, para te inspirar a viajar mais e melhor.

No comment yet, add your voice below!


Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa Newsletter