Skip to content

Castelo Neuschwanstein: Rota Romântica e o Castelo da Cinderela

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Castelo Neuschwanstein: Rota Romântica e o famoso Castelo da Cinderela. Dicas de como chegar subir e entrar numa das atrações mais visitadas da Alemanha .
Castelo Neuschwanstein, na Rota Romântica da Alemanha

Em dezembro de 2017, fizemos uma viagem pela Alemanha e Áustria com o objetivo de curtir o clima de Natal e explorar a região dos Alpes nos dois países (aliás, para ver todas as dicas do planejamento desta viagem, não deixe de ler o nosso “Roteiro de carro e trem pela Alemanha, Áustria e Eslováquia”). Na Alemanha, nosso roteiro foi focado na Baviera. Nesse sentido, eu quis ter um gostinho de tudo da região, da capital, bem como dos vilarejos mais fofos, passando por ao menos um castelo.  Por fim, a escolha foi o Castelo Neuschwanstein, na Rota Romântica, e que fica na cidade de Hohenschwangau, nos arredores de Fussen.

Por sinal, uma boa é conjugar o passeio ao castelo com uma visita a esta cidade, que parece ser um exemplar de típica cidadezinha da Bavária. Entretanto, como íamos seguir viagem para Garmisch-Partenkirchen, acabamos não parando por lá.

Mas voltando ao castelo, afinal, POR QUE IR?

Alguns motivos para visitar o Castelo Neuschwanstein: conhecer a Rota Romântica juntamente à chance de ver de perto a famosa atração. Enfim, a escolha foi quase óbvia. Em outras palavras: é um castelo imponente, considerado um dos mais bonitos do mundo (possivelmente é o mais famoso) e que recebe milhares de visitantes. Para completar, reza a lenda que ele inspirou Walt Disney, tendo-o feito ficar conhecido como o Castelo da Cinderela. E além do Castelo em si, produto da excentricidade do rei Ludwig II da Baviera, inspirado nas óperas de Richard Wagner, a paisagem nos arredores é linda, com muito verde e montanhas!

De fato, o Castelo é realmente lindo.

COMO CHEGAR NO CASTELO NEUSCHWANSTEIN

É possível ir de trem até Fussen e de lá pegar um ônibus interno para o Castelo.  A viagem leva cerca de 2 horas. Para comprar com antecedência, entre no site.

Nós fizemos o passeio como pit stop entre Munique e Garmisch. Mas é totalmente possível fazer como bate-volta de Munique. Contudo, como do Castelo íamos seguir viagem, optamos por ir de carro (a viagem levou umas 2 horinhas), o que foi ótimo, já que pegamos estradinhas lindas, ainda mais com os vilarejos, parte da ROTA ROMÂNTICA, cobertos de neve. Realmente lindo.

Estrada mo trajeto no Roteiro Alemanha Áustria e Eslováquia
Cachorro na lateral da estrada da Rota Romântica

FALANDO NISSO...SOBRE A ROTA ROMÂNTICA:

Em resumo, a Rota Romântica é um caminho de cerca de 300 km que liga 28 cidades fofas da Baviera alemã, indo de Wurzburg a Fussen, criada em um contexto pós-guerra, com o objetivo de vender uma imagem bacana e leve da Alemanha.

O percurso é sinalizado por placas específicas, mas confesso que via GPS achei um pouco complicado saber qual era o caminho da rota. Por fim, acabamos fugindo das autoestradas indicadas como o convencional e assim conseguimos fazer o final do trajeto nas pequenas e charmosas estradinhas que ligam as vilas.

Paisegem nos arredores do Castelo Neuschwanstein, na Rota Romântica alemã
Paisegem nos arredores do Castelo Neuschwanstein

CHEGANDO LÁ...COMO SUBIR AO CASTELO NEUSCHWANSTEIN

Antes de mais nada: não é possível ir até o castelo em si de carro. Dito isso, logo que chegamos na cidade já vimos o estacionamento. A partir daí, parando o carro, você tem 3 opções: ônibus logo no começo do trajeto, que te deixa pertinho da Marienbrücke (Ponte Maria), a melhor vista do castelo, e de lá, depois das fotos, descida a pé de uns 10 minutinhos; charrete; ou ir andando (cerca de 30-40 minutos para subir, ao menos na neve). Como o ônibus não estava circulando por causa da neve (por sinal, a ponte também estava fechada, infelizmente), e não sou fã de charrete, partimos para a caminhada mesmo (já que era possível) e achamos bem tranquilo, apesar do tempo.

Crédito: www.hohenschwangau.de

COMO ENTRAR NO CASTELO

Optamos por não entrar no Castelo, já que dizem que ele é bem mais bonito por fora, mas foi uma escolha pessoal, vai do gosto e vontade de cada um.

Castelo Neuschwanstein da entrada da cidade
Castelo Neuschwanstein da entrada da cidade

A saber: ele abre diariamente (exceto 24 de dezembro e 31 de janeiro). Confira o horário de acordo com a época do ano e os preços.

Recomendo aos que quiserem entrar no Castelo, comprar com antecedência. A retirada é no local, então não deixe de reservar um tempo para isso.

Fachada do Castelo Neuschwanstein visto de perto
Castelo Neuschwanstein visto de perto, após a caminhada

Por fim, depois desse agradável passeio ao Castelo Neuschwanstein,   seguimos viagem para um típico vilarejo alpino, Garmisch-Partenkirchen, onde subimos o topo da Alemanha, o Zugspitze.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Nanda Gaspar

Nanda Gaspar

Ama viajar, planejar e falar sobre viagens. Incansável na busca da localização perfeita e na logística dos roteiros redondos, curte história, fotografar e conhecer a cultura local. Aproveita o período sabático em Portugal para escrever no blog, entre um parquinho com o filhote e a escolha da próxima cidade medieval, praia paradisíaca ou metrópole enérgica, para te inspirar a viajar mais e melhor.

No comment yet, add your voice below!


Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa Newsletter