Skip to content

Como é se hospedar no Palermo Soho e dicas de Buenos Aires

Dicas de Buenos Aires: como é se hospedar no Palermo Soho e um roteiro de 2 dias com o ônibus hop-on hop-off.
Palermo Soho: dica de onde ficar em Buenos Aires

Sem dúvida, a proximidade da capital Argentina com o Brasil é um incentivo e tanto para dar um pulinho por lá. Além disso, alguns dos clichês, como as carnes, o doce de leite e o tango também atraem muitos turistas à cidade. Nós tivemos pouco tempo por lá, uma vez que, era uma viagem curtinha e também fomos a Colônia do Sacramento. Por isso, dedicamos um roteiro de 2 dias em Buenos Aires, com o Buenos Aires Bus. O tempo restante que tivemos na cidade, optamos por curtir as ruas e restaurantes do Palermo Soho, aliás, minha dica sobre onde ficar em Buenos Aires. Assim, compartilho aqui um pouco das impressões da cidade a fim de ajudar seu planejamento.

QUANDO IR

Em síntese, a cidade é visitável o ano inteiro. Pessoalmente, gostei bastante de ter ido no outono. Ainda mais que quando estivemos lá, no final de maio, demos bastante sorte com o tempo: friozinho, mas nada absurdo, e com dias bem ensolarados e sem chuva. Imagino que a primavera também seja uma ótima pedida, com flores e boas temperaturas. O inverno é ótimo para curtir o clima frio por lá, mas sim, faz bastante frio e não neva (por sinal, boa época para conjugar com a neve de Bariloche). Por outro lado, no verão, faz muito calor, mas sabendo disso, nada que impeça o passeio pela capital argentina.

Dia ensolarado no Caminito: quando ir a Buenos Aires

ONDE FICAR EM BUENOS AIRES

O centro da cidade é clássico e conveniente no deslocamento e, por isso, acaba sendo a opção de muitos de onde ficar em Buenos Aires. Bom para quem quer focar nos pontos turísticos, mas achei meio sem graça para hospedagem (há quem ame), no quesito charme e restaurantes. 

Não achei San Telmo tão bom enquanto bairro base. Puerto Madero é um bairro bacana, mas não seria a minha primeira opção. Em outras palavras, as melhores regiões para ficar me pareceram a Recoleta e o Palermo Soho

Só para exemplificar: a Recoleta é bem bonita e arborizada (com um quê de Europa, diga-se de passagem) e mais perto do centro da cidade que o Palermo. No entanto, tive a impressão de que as opções de lazer são mais escassas e mais afastadas entre si. Mesmo assim, cogitaria me hospedar lá, voltando a Buenos Aires.

PALERMO SOHO: DICA DE ONDE FICAR EM BUENOS AIRES

Ficamos no Palermo Soho e adoramos! O nome do bairro provém do homônimo de NY. É jovem, animado, com um comércio moderno e com muitas e boas opções de bares e restaurantes badalados, além de estar próximo de parques também. Tem vários hotéis boutique, o que é certamente mais um ponto positivo.

Escolhemos ficar no adorável Mine Hotel Boutique. Localização excelente no bairro. Em resumo, hotel charmoso, quartos confortáveis, ótimo atendimento e café da manhã gostoso. Vale frisar que não é muito perto do centro. Porém, isso não é um problema se você não quiser ficar apenas nas atrações turísticas (e para elas usar um táxi, por exemplo, ou como no nosso caso, fizer uso do ônibus de turismo).

Palermo Soho: dica sobre onde ficar em Buenos Aires

ONDE COMER

RESTAURANTES NO PALERMO SOHO

Há várias boas opções de bares, hamburguerias e restaurantes no Palermo Soho. 

Logo na chegada, por exemplo, fomos em uma das hamburguerias descoladas na área, a Williamsburg Burger. O sanduíche estava bem saboroso, por sinal.   

Já um lugar que fomos várias vezes para fazer os lanches de fim da tarde foi a Ninina Bakery, com ambiente agradável, pães artesanais e lanches, além de uma sopinha no capricho.

La Hormiga é um dos animados restaurantes no Palermo Soho, à noite, com comida boa e preço justo. Comemos uma das tábuas de carne com bons acompanhamentos, estava tudo ótimo. 

Duas das parrillas mais bem cotadas de Buenos Aires estão no Palermo, ­­La Cabreara e Don Julio. Depois de uma pesquisada, a Don Julio seria nossa escolha, mas acabamos decidindo na última hora escolher outra opção dentro os restaurantes do Palermo Soho, desta especialidade. Acabamos por ir no Calden del Soho, menos badalado, mas que tínhamos lido boas críticas e muito perto do nosso hotel. Tivemos uma ótima experiência. Além da carne, os acompanhamentos estavam uma delícia e, nesse quesito, destaque para o creme de espinafre. De sobremesa, a panqueca de doce de leite estava maravilhosa. 

Ainda no Palermo Soho, a plaza Julio Cortázar, ou Plaza Serrano, é bem animada, com bares diversos.

OUTROS RESTAURANTES

Em San Telmo, fomos no La Brigada Parrilla. Bem tradicional, ouvimos de argentinos que é a melhor parrilla da cidade. De fato, ótima opção por ali, comemos bem e a decoração é bem bacana, de futebol. Mas não iria para lá apenas para almoçar.

Já para um almoço mais rápido, fizemos uso da praça de alimentação das Galerias Pacífico.

Comidinhas típicas

De resto, é se esbaldar nas carnes, empanadas e doce de leite, seja a sobremesa dos restaurantes, seja no Havana, Abuela ou Cachafaz.

Bares e restaurantes do Palermo Soho, na Plaza Serrano

COMO SE LOCOMOVER: BUENOS AIRES BUS

POR QUE ESCOLHEMOS O BUENOS AIRES BUS

A fim de ver a parte essencialmente turística da cidade, fizemos uso do passe de 48 horas do Buenos Aires Bus. Confesso que, a priori, não sou uma entusiasta desses ônibus, já que adoro andar e achava meio piegas, até.

Porém, foi exatamente o que fizemos por lá e valeu a pena. Isso porque não tínhamos planejado muitos dias na cidade e optei por fazer o essencial desta maneira. Assim, não me senti “perdendo” nada (inclusive, como o ônibus dá umas boas voltas, essa sensação realmente não vai existir) e deu para curtir o resto do tempo livre no Palermo Soho, que foi nossa opção de onde ficar em Buenos Aires  e onde estava com mais expectativas de lazer na capital portenha. 

Em uma cidade que tantos turistas se locomovem por táxi ou de ônibus comum, foi bacana viajar de ônibus e ao “ar livre”, sem pressa. A experiência no Buenos Aires Bus, nesse contexto, me surpreendeu positivamente. 

Buenos Aires Bus: dica de locomoção em roteiro de 2 dias em Buenos Aires

SOBRE O ÔNIBUS

O Buenos Aires Bus possui 2 circuitos e afirma passar a cada 20 ou 30 minutos, dependendo do trajeto (não tivemos problema quanto a isso, mas já ouvi quem tenha tido), e dá uma estimativa de 3 horas e 20 minutos para fazer o percurso inteiro. Você pode escolher o passe para usar por 24 ou 48 horas. Já a compra pode ser on line, como fizemos, com o guia no próprio ônibus ou em endereços pré-determinados pela empresa. 

Uma curiosidade é que o ônibus é amarelo, ao invés de vermelho. 

A saber: para quem estiver hospedado no Palermo Soho, tem um ponto por lá, o que facilita tudo. 

Veja os detalhes atualizados de preço do Buenos Aires Bus no site deles.

ROTEIRO DE 2 DIAS EM BUENOS AIRES

Segue opção de roteiro de 2 dias em Buenos Aires, já que muita gente acaba tendo pouco tempo, seja por estar por lá em um feriadão, seja por conjugar com outros destinos, como Ushuaia, Mendonza, Bariloche ou Uruguai. Em resumo, minha estratégia foi conhecer brevemente a cidade de dia e aproveitar o bairro em que me hospedei no fim da tarde e noite, o Palermo Soho.

DIA 1: CENTRO + SAN TELMO + PUERTO MADERO

Começamos o dia cedinho pegando o ônibus no Palermo Soho. Antes de chegar no centro, ele passa pela Recoleta, o que já te dará uma visão panorâmica do arborizado bairro.

CENTRO

Após passarmos em frente ao Teatro Colón, logo vimos o Obelisco, um dos mais famosos monumentos históricos da cidade, com seus 67.5 metros de altura. Ele fica localizado no cruzamento com a avenida 9 de julio, que, por sinal, é uma das mais largas do mundo. Tiramos foto dele do ônibus mesmo e descemos logo em seguida. Neste momento, aproveitamos para contemplar os edifícios do centro da capital portenha e depois seguimos para a Plaza de Mayo, palco de diversas manifestações políticas. Ali, fica a sede da presidência da República Argentina, a Casa Rosada, que, diga-se de passagem, estava em obras, na época em que visitamos. Nos arredores, está o café mais tradicional da cidade, o Café Tortoni.

Se houver disposição, você pode incluir uma volta Florida até as Galerías Pacífico nesse momento, ao invés de ir no dia 2. 

Plaza de Mayo e Casa Rosada: 2 dias em Buenos Aires

SAN TELMO

Seguimos do centro andando para o bairro de San Telmo e observando os antigos e pitorescos prédios antigos no caminho. O bairro abriga uma tradicionalíssima feira de antiguidades, aos domingos. Como era dia de semana, nos contentamos em visitar a Estátua da Mafalda, personagem do cartunista Quino, e andar pelas ruas. O almoço foi uma parrila no La Brigada, bem como a sobremesa um sorvete de doce de leite no Freddo.

Do centro a San Telmo andando: roteiro de 2 dias em Buenos Aires
Visitar a estátua da Mafalda em roteiro de 2 dias em Buenos Aires

PUERTO MADERO

Dali é possível seguir para o Puerto Madero caminhando cerca de 1,5 km (também é possível ir de táxi ou com o ônibus, mas dá uma volta considerável). Mas foi o que fizemos, já que deixamos para ver o bairro do ônibus mesmo já que voltaríamos nele no dia de pegar o barco o Uruguai. Trata-se de um bairro moderno e revitalizado e que possui a Ponte de las Mujeres como um dos principais marcos.

DIA 2: LA BOCA + CAMINITO + FLORIDA E GALERIAS PACÍFICO E CALE FLORIDA (+SHOW DE TANGO)

LA BOCA

Mais uma vez pegamos o ônibus no Palermo Soho e a primeira parada do dia é o Estádio do Boca Juniors, o La Bombonera. Ele possui diversos tipos de ingresso para visitação. Escolhemos um que dá acesso ao museu e entrada às arquibancadas. 

CAMINITO

De lá, pegamos novamente o ônibus e seguimos para o Caminito, a rua mais famosa da cidade, com suas paredes coloridas e apresentações de tango. Adorei o clima do lugar, que é cheio de turistas. 

Caminito: atração emperdível em Buenos Aires
Dançarinos de tango no Caminito: o que fazer em Buenos Aires

GALERÍAS PACÍFICO + CALE FLORIDA (CENTRO)

Seguimos, via ônibus, mais uma vez, chegamos às Galerías Pacífico, um shopping bem decorado e que tem um teto bonito. A lateral das galerias fica na Calle Florida, rua de pedestre movimentadíssima, com todo tipo de comércio.

Entretanto, se você gosta de caminhar bastante, seria possível ter incluído uma ida às Galerías e a Cale Florida no primeiro dia, como primeira parada antes de seguir a Plaza de Mayo. Ou ainda na volta com o ônibus.  

À noite, se não tiver se contentado com as apresentações de rua no Caminito, vale incluir um autêntico espetáculo de tango ao roteiro.

Teto das Galerías Pacífico: o que fazer em Buenos Aires

BUENOS AIRES EM 3 DIAS - E A RECOLETA E O PALERMO/PALERMO SOHO?

Se você pegou o ônibus, já teve, no mínimo, um gostinho dos bairros de Buenos Aires de que mais gostei. 

Feita essa parte mais turística nos 2 primeiros dias, melhor ainda se você tiver pelo menos 1 dia adicional para ficar por lá. Nós tivemos parte de um terceiro dia na cidade, quando voltamos de Colônia.

Mas se não for o caso, para passear pela Recoleta e Palermo e Palermo Soho (o que será mais fácil a quem o tiver escolhido como bairro onde ficar em Buenos Aires), reserve os fins das tardes e noites dar uma volta, andar pelas praças, lojinhas ou parques, além de conhecer os bares e restaurante. 

Por lá, ainda é possível passear na livraria Ateneo, já eleita uma das mais bonitas do mundo, e pelos Parques do Palermo e Jardim Japonês.

Nanda Gaspar

Nanda Gaspar

Ama viajar, planejar e falar sobre viagens. Incansável na busca da localização perfeita e na logística dos roteiros redondos, curte história, fotografar e conhecer a cultura local. Aproveita o período sabático em Portugal para escrever no blog, entre um parquinho com o filhote e a escolha da próxima cidade medieval, praia paradisíaca ou metrópole enérgica, para te inspirar a viajar mais e melhor.

No comment yet, add your voice below!


Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Redes Sociais

Últimos Posts

Planeje sua viagem aqui

Se você gosta das dicas, pode fazer as reservas pelos links destacados abaixo. Você não paga nada a mais e ganhamos uma pequena comissão que ajuda a manter o blog. Obrigada =)

HOSPEDAGEM
Booking.com – enorme variedade de hotéis e apartamentos, com avaliação dos hóspedes e excelentes ferramentas de busca, além de ótimas promoções.

ALUGUEL DE CARRO
RentCars – permite comparar o valor de várias companhias de aluguel, garantindo as melhores oportunidades de locação em uma road trip.

SEGURO VIAGEM
Seguros Promo – Buscador de seguros que ajuda a adquirir a opção com o melhor custo-benefício para a viagem.

Assine a nossa Newsletter